Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Flávia Muniz
VIAJANTES DO INFINITO

RECOMENDO!

Da mesma autora do clássico livro de vampiros Os Noturnos

VIAJANTES DO INFINITO

(Prêmio APCA - Associação Paulista de Críticos de Arte)

Os sonhos mais tenebrosos de um garoto tornam-se realidade... Para destruí-lo!

Existem outros mundos invisíveis, paralelos ao nosso? Seria a imaginação um tipo de ponte entre o mundo real e os demais? Fábio escreve uma redação e a realidade a sua volta começa a se transformar... Ele embarca numa outra dimensão, onde sobrevivem os medos.

"Sua imaginação é meu lar! Eu sobrevivo em você.
Para sempre."

7 comentários:

Adriano Siqueira disse...

eu amooooooooooo a flávia muniz!!!!

:-)

Claudio Brites disse...

Eu tenho!

Claudio Brites disse...

Só falta autografar.

Kizzy Ysatis disse...

Dri

Tb amo a Flávia. Ela é autêntica!

Também tenho sorte de ter escrito um livro com ela. A imaginação da Flávia e sua literatura fascina por que é refinada e profissional, é artística; quando lemos um livro seu sabemos ter em mãos um trabalho de artesanal, daqueles que sabem exatamente o que estão fazendo.

abs
.................

Zed

que bom vc por aqui. sim, eu sei que vc tem o Viajantes, esses dias vi num blog por aí um homem dizendo que seu amor à literatura ele deve a Flávia, porque tinha começado por Viajantes, antes deste livro, todo o resto era enfadonho.

abs
..............

Jéssica Ketchup disse...

Nossa, só eu que não conheço o livro rs
+ agora fiquei curiosa, vo tentar ver
bjinhus

Leonardo disse...

E aí queridao!!! Passei apenas para dar um oi, já que andas muuuito ocupado...hehehe.
Adorei a foto do dia... me lembra SinCity...
Beijos
L.Keler

Kizzy Ysatis disse...

Jéssica
Leia sim, não se arrependerá. Já leu Os Noturnos tb?
bjs
............
Don Blake
LEO!!!
Como vai, delícia? Saudades do meu amigo. Pra vc nunca estou ocupado. Um beijão e mande lembranças pra Kátia e a turma de Porto Alegre.