Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


domingo, 24 de maio de 2009

DIVA
somente uma mente perturbada como a dela tem autoridade para escrever boas histórias com vampiros, e não uma mórmon recalcada que não transa.

10 comentários:

Wellington. disse...

Mas que preconceito com mórmons recalcadas... Agora vai me dizer que Paulo Coelho não é mais mago que o Harry Potter?

Dã.

Kizzy Ysatis disse...

Fique tranquilo, Wellington

Primeiro, não falei "mórmons", o artigo "uma" é bem específico.

Segundo, não é preconceito, é uma resposta crítica. Opinativa.

No meu blog tenho direito, no mínimo, de expressar minha opinião, não é mesmo? Muito embora conheça alguns Elders e já ouvi da boca deles o que eles pensam a respeito de personagens da literatura fantástica, como os vampiros, por exemplo. De modo que, falar mais, seria dizer que a Meyer é, no mínimo, hipócrita.

Quanto ao que disse sobre os magos, volto a dizer, fique tranquilo, não repetirei sua sentença, ela sequer passaria pela minha cabeça.

Abraços

Celly Borges disse...

Hahaha, adorei! E concordo! A Meyer fez Bram Stoker se remexer no túmulo, pobrinho! E para nós, leitores e escritores de Literatura Fantástica, o que ela fez foi extremamente de mal gosto. (Ps: conheço alguns mórmons que não têm a mente tão fechada assim).

Beijocas.

-†- A Ira Dos Anjos -†- disse...

Concordo! Os vampiros dela estão mais para "fadinhas". Me recusei a ler ou assistir inteiro um filme onde os vampiros que se expunham ao Sol faziam barulho de sininho... rsrsrsrs

yasmimdeschain disse...

Kizzy, matou a pau. Anne é uma diva perfeita, eu amo essa mulher e dane-se a mórmon assexuada que tenta escrever sobre vampiros, mas que escreve mesmo é sobre pseudo-mutantes que brilham ao sol. Você arrasa, sou uma grande fã sua. Bjsss.

Kizzy Ysatis disse...

MU HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHA

VIVA A REBELIÃO DOS VAMPIROS!

A Anne é requinte!
Stephen king é suspense.
Bram Stoker é terror.

Beijos, minhas queridas.

Delph disse...

Muito digno, Kizzy, você disse tudo!!!

Espero que essa doença (pois não tem outro nome para aquela série de "fanfics mal escritas da Meyer" passe logo.

Rachel de Oliveira // Rafael Andrietta disse...

Um coment rápido, os livros da Anne foram editados novamente, =D, baum.

Olha, não posso julgar a Meyer, pois apenas vi o filme, não li o livro... Um tele-filme por dizer, se pensarmos em uma melosidade e esquecermos o vampiro, digamos, Lembram-se daqueles filmes da Sessão da tarde, de colegiais e bailes de final de ano? Pois bem, crepusculo me remete a estes filmes. Talves daqui algum tempo, torne-se um clássico de Sessão da tarde, e só. Agora o livro... se um dia vier a ler, comentarei sobre, se for pra ler um importado, Whitley Strieber é uma boa pedida.

Leonardo Adriano Ragacini disse...

Kizzy disse tudo
Sim, eu li os livros da Meyer por curiosidde e tudo que dizem é verdade.
Também acho que vampiro e uma coisa que não cabe Edward Cullen que no sol vira um prisma multi-color, afinal é um vampiro ou um globo de festa dos anos 80?
Apenas não do zero pra ela porque ao menos nos lobisomens ela acertou a mão.
Tem alguma nota -10 pra Meyer.
È só.

André disse...

"A Anne é requinte!
Stephen king é suspense.
Bram Stoker é terror."

^^ Êeeeita... Cara.. Quando li seu post não pude deixar de rir muito e fiquei seu fã na mesma hora... rs

xD

Abraço Kizzy