Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


quinta-feira, 2 de julho de 2009

a bruxa mor da literatura fantástica

o escritor luis roberto guedes já a chamou de bruxa madrinha e não sem motivos. o primeiro livro que li com vampiros é de sua autoria. na época eu vi sua foto no livro e ficava encantado com aquela mulher tão linda e que escrevia tão bem. nunca supus encontrá-la, conhecê-la, quiçá ter um dedo de prosa. hoje me alegro em dizer que ela é uma mentora e parceira. há uma bruxa entre nós. uma bruxa poderosa e bela, que nos seduz com sua beleza, prosa e poesia. senhoras e senhores, orgulhosamente vos apresento...
autora convidada: flávia muniz
conto: irresistível
um texto lírico que é lido de uma só vez. flui delicioso na garganta de quem lê e devora quem o imagina.
a relação de dois imortais, cujo amor atravessou um oceano de tempo para ser erguido, pode agora estar ameaçada.
Leia um trecho do conto:

Os dias, os meses, os anos, paisagens e lugares e pessoas. Os dias, os meses, os anos, doenças e vidas e pessoas. Os dias, os meses, os anos, guerras e mortes e pessoas. Os dias, os meses, os anos, vitórias e fracassos e pessoas. Os dias, os meses, os anos, certezas incontáveis e finalmente o amor.

rápido, dramático, trágico. um conjuro mágico!
Vinte anos de carreira, duas vezes indicada ao prêmio Jabuti, autora de mais de 50 publicações. Flávia Muniz já ultrapassa a marca de 3 milhões de cópias vendidas. É vencedora do prêmio APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte. Como editora, trabalhou por treze anos na Editora Abril e foi pioneira nas publicações de RPG no Brasil. A revista Veja colocou seu romance vampiresco Os Noturnos no ranking dos 4 romances mais lidos nas bibliotecas públicas de todo o país. Entre suas obras podemos citar Os Noturnos, Viajantes do Infinito, Sete Faces do Terror, O Zodiaco e Sallen 777. Seus romances e contos macabros sempre carregam o estigma da vingança. E a imortalidade da Literatura. No aconchego de sua casa na floresta cercada de mar, senta-se confortavelmente diante da lareira; e ali desfruta o bom vinho, e dobra páginas misteriosas e mágicas.
Rufem os tambores! Território V está chegando; e vingará na lua do último quarto crescente do mês do imperador César Augusto.

6 comentários:

Conceição disse...

que linda bruxa, com certeza um ser encantado, li os noturnos por indicação da minha filha, e adorei, ela é excelente!

Kizzy Ysatis disse...

Olá, Conceição

Certamente, um ser encantado e encantador. Sua filha tem muito bom gosto. Volte sempre!

Beijos

Kizzy

Denize Muller disse...

Conheço a bruxa de perto e quewm diria que dentro dela há uma flávia que tem a doçura da flauta nas linhas em que escreve, mesmo no terror a sublimidade, a delicadeza. Amo o fato de conhecer os Vampiros mais doces do mundo Flavia e Kizzy . E ela está simplesmente linda na foto, assim como no real. bjs e sorte como territorio.

Anônimo disse...

Denize, querida poetisa

Que saudades de você. E como é delicioso lembrar daquele congresso de literatura que fomos com o Zed e a Flávia Muniz. Aprendemos muitas coisas nos divertindo.

Lembra daquele conto da Ana Maria Machado que ela nos leu com a voz embargada?

Inesquecível.

Beijos

Kizzy

Rosana disse...

seus livros mexem de mais com os meus sentidos!
a admiro muito kizzy! adoraria conhecê-la!

abraço.

Anônimo disse...

Então venha ao lançamento, Rosana. Flávia Muniz estará presente e você poderá conhecê-la.

Kizzy Ysatis