Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

A VOÇOROCA

Morei um ano, ano e meio, no município de Casa Branca, interior de SP, quando era um menininho.

Muitas lembranças e saudade brotam no coração que dispara só em lembrar. Puxa vida! Que legal!

Em Casa Branca fui especialmente feliz e tive bons amigos.

Lá eu passeava num bosque, andava de bicicleta, via disco voadores, ouvia histórias de lobisomem e brincava no Tiro de Guerra e na praça em frente de casa.

Também havia a voçoroca, onde me lambuzava junto das crianças e jovens da cidade. A voçoroca era nossa diversão máxima e sem fim. Podíamos fazer diversas coisas entre elas deslizar no barro, brincar com argila, catar pedrinhas brilhantes, escorregar do declive e cair de bunda no lamaçal (tipo um topo água sujo), fazer briga na lama, briga de lama. Inesquecível. E havia quem dissesse que aquela lama era medicinal. Claro que sim, afinal curava tristeza.

2 comentários:

Luiz Fabrício disse...

Sou natural de Casa Branca, tenho ótimos amigos aqui e adoro as paisagens naturais que aqui existem, só que não guardo muito boas idéias ou recordações da cidade em si, hehe xD

Não sabia que você tinha morado aqui, uma interessante surpresa essa o/

Nathália disse...

Gostei muito do seu post Kizzy.
Sempre costumo vir em seu blog, mas acabo não comentando... Mas soube que conheceu o Renan pelo orkut, também sou de Casa Branca, também escrevo, inclusive te tenho no meu orkut e conheço o Fabrício ai em cima também... uhauauh
Seria um prazer se você viesse novamente para esta cidade, seria muito bem recebido com certeza.
A voçoroca por conta desse clima já não é a mais a mesma, mas ainda pode proporcionar sorrisos de alegria, assim como o bosque que acaba sendo nosso ponto de encontro preferido. Fico feliz que guarde bons momentos daqui, porque acho que é isto que temos que guardar na nossa vida, os bons momentos que passamos.
Beijos. ^^