Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


sexta-feira, 30 de novembro de 2007

RECOMENDO!

Orlando
by Virginia Woolf

Uma biografia ficcional e eugenista sobre um imortal britânico e sua jornada que vai da corte isabelina ao ano de 1928 quando, há setenta anos, Virginia escrevia o livro. Há pitadas de um humor refinado na narrativa sempre elegante e experimental de Woolf. O mérito do livro, um deles na verdade, porque são inumeráveis, está em demonstrar que o sexo (no sentido da conformação mulher-homem) é apenas mais uma das convenções humanas. Orlando nos deixa, após trezentos anos de vida, uma profunda deliberação acerca das tolices da sociedade, ao mesmo tempo em que nos enleva com divagações e pura poesia. Orlando, aos 30, num momento de plena epifania, vira mulher e passa a se chamar Lady Orlando. Contudo jamais deixa de ser quem é.

"Não se podem, por isso, considerar excessivos o tempo e a dedicação empregados em fazer com que o veículo da nossa mensagem a desfigure menos. Devemos modelar nossas palavras até se tornarem o mais fino invólucro dos nossos pensamentos. "

Virginia Woolf, Orlando

A tradução é de ninguém menos que Cecília Meireles

Eu li, amei e recomendo.
Faça bom proveito!




Há também o filme como podem ver, mas não achei no Brasil pra comprar. Só importado.

Um comentário:

Guilherme Sandi disse...

Para: Kizzy Ysatis

O que é que há, velhinho?
Não se esqueça de me levar uma cópia do Clube dos Imortais no lançamento d'O Livro Negro dos Vampiros, em Ésse-Pê. Podemos trocar autógrafos, isso se eu fizer qualquer idéia acerca de como autografá-lo...

De: Tânia, a tênia solitária (ou Guilherme Sandi, seu hospedeiro)