Estou de passagem neste mundo,

Mas deixo aqui o registro de minhas palavras.

Eu sou o peregrino do tempo.


domingo, 23 de novembro de 2008

kizzy ysatis
Deus dá bons e maus tempos, mas não quer que nos tempos maus choremos e lamentemos; quer a prova de que somos homens. Ele dera um sinal. A enganadora imagem da cidade, em dourado e na rubra cor de sangue, fora uma advertência: trate de agir.

Patrick Süskind, O Perfume

2 comentários:

✿ Nana ✿ disse...

OI, SOU NANA DO RIO, PRAZER!

SOU AMIGA DE LORD DRI, E ADORO SEU TRABALHO...TANTO Q LINKEI SEU BLOG AO MEU!

VC TÁ DE PARABÉNS, ALÉM DE SEU LIVRO SER MARAVILHOSO, VC TEM UM ESTILO MUITO FASHION...É DOS MEUS.


BEIJINHUXZ
NANA B.

gui-de-bauru disse...

esse livro é fodástico.

e o filme igualmente, dá até pra sentir o perfume dos frutos amarelos/laranjas/verdes...

(é que sou daltônico...)